Topo
Blog Entre Linhas

Blog Entre Linhas

Categorias

Histórico

Quer imagem de outdoor? Estas dicas podem mudar radicalmente suas fotos

Guilherme Rambo

07/03/2019 04h00

O iPhone é a câmera mais popular do mundo. Claro que existem câmeras muito melhores (e maiores) do que as que temos nos nossos smartphones, mas, como diz o ditado, a melhor câmera é aquela que você tem. Para celebrar isso, a Apple começou 2019 com seu concurso "Shot on iPhone", que ocorreu entre 22 de janeiro e 7 de fevereiro.

Recentemente, a empresa divulgou os ganhadores do concurso, que terão suas fotos exibidas em outdoors, lojas da Apple e na internet. As imagens vencedoras foram fotografadas por dispositivos diversos, desde o iPhone 7 até o iPhone Xs Max, mostrando que não é necessário ter o smartphone topo de linha para tirar fotos boas, basta criatividade e um pouco de técnica.

Você pode ver todas as fotos vencedoras do concurso no site da Apple.

Estes dois apps podem melhorar suas fotos no iPhone

Vendo essas imagens maravilhosas capturadas com o iPhone, muitos devem estar se perguntando como é possível tirar fotos com aparência profissional usando apenas um smartphone. Existem alguns segredos técnicos que podem ajudar, mas muito do que define uma foto boa é o olhar do fotógrafo: prestar atenção ao seu redor, observar momentos que podem dar boas fotos, encontrar o melhor ângulo e então clicar.

Partindo para o lado técnico, uma funcionalidade que está disponível nos iPhones desde o iPhone 7 é a possibilidade de capturar fotos RAW. Explico: quando você tira uma foto no seu celular, por padrão essa foto é capturada em um formato comprimido, como JPEG por exemplo. Esse formato de imagem a representa como uma série de pontos coloridos RGB (vermelho, verde e azul) e é otimizado para reduzir o tamanho que a imagem ocupa quando armazenada e também a quantidade de dados necessários para transmiti-la.

Fotos RAW, por outro lado, capturam os dados crus do sensor (daí o nome "raw"). A vantagem disso é que as possibilidades de alteração de uma foto RAW após ela ser tirada são muito maiores do que as de uma foto normal, comprimida. Então, se você tira uma foto e ela ficou um pouco escura, com RAW você consegue recuperar um pouco dos detalhes nas sombras, sem prejudicar a qualidade da imagem, como ocorreria num formato comprimido.

Abaixo é possível ver um exemplo disso. Tirei duas fotos quase idênticas no meu iPhone Xs Max, uma delas foi capturada com o aplicativo Câmera nativo, em formato comprimido. A outra foi capturada usando o app Halide, em RAW. Quando capturei ambas as fotos, reduzi a exposição propositalmente para que a foto ficasse escura. Abri ambas as fotos no app DarkRoom para tentar corrigir o problema da foto ter ficado muito escura. Como dá pra perceber nas imagens, na foto RAW existe a opção de ajustar a exposição (nível de luz no sensor) após a foto ser tirada, enquanto que na foto comprimida, só tem a opção de brilho. A diferença após o ajuste é clara: a foto RAW ficou clara e nítida enquanto a foto comprimida continuou um pouco escura e perdeu qualidade.

Halide

O app de câmera que eu recomendo para iPhone é o Halide. Tenho usado ele exclusivamente no meu iPhone há alguns meses e ele substituiu o app câmera nativo, que atualmente eu só abro para fazer vídeos. O app tem uma interface bonita e, apesar de ter muitos controles manuais, é possível deixá-lo no modo automático e tirar proveito apenas da captura RAW que ele faz.

Uma vantagem muito grande do Halide com relação ao app Câmera da Apple é que os desenvolvedores criaram algoritmos próprios para processamento das imagens, o que permite por exemplo fazer fotos em modo retrato no iPhone XR de animais, algo que no app Câmera padrão só funciona para rostos de pessoas.

A foto acima foi tirada com o Halide em RAW, modo retrato, num iPhone XR. Quando você fotografa em RAW, a captura da foto é apenas o primeiro passo, visto que geralmente é necessário fazer alguns ajustes para deixar a foto mais bonita. Para fazer esses ajustes, recomendo o app DarkRoom, que se integra perfeitamente com o Halide e – além de permitir ajustes manuais – tem uma gama enorme de filtros que podem ser usados para deixar suas fotos mais interessantes (adeus, filtros do Instagram).

Capturando suas fotos em RAW com o Halide e fazendo alguns ajustes no DarkRoom é possível obter imagens excelentes, mesmo que você não tenha o iPhone mais moderno. Fora isso, se você quiser ir além, vale estudar um pouco sobre fotografia, especialmente composição, para deixar suas fotos ainda mais interessantes.

O Halide custa R$22,90 e está disponível na App Store. O DarkRoom é grátis, também disponível na App Store.

Sobre o autor

Guilherme Rambo é programador desde os 12 anos. Especialista em engenharia reversa, é conhecido mundialmente por revelar os segredos da Apple antes mesmo dos anúncios da empresa, além de programar para as plataformas da empresa.

Sobre o blog

Dos segredos escondidos nos códigos da Apple às tendências do mundo da tecnologia, o blog Entre Linhas aborda semanalmente os temas mais interessantes e atuais do mercado tecnológico sob o ponto de vista do programador Guilherme Rambo.

Mais Blog Entre Linhas