Topo
Blog Entre Linhas

Blog Entre Linhas

Categorias

Histórico

Novos iPhones serão revelados dia 10 de setembro; veja tudo o que sabemos

Guilherme Rambo

29/08/2019 04h00

Atualizado às 13h13

A Apple confirmou nesta quinta-feira (29) a data do seu próximo grande evento: em 10 de setembro, conheceremos os novos iPhones da companhia. A imprensa já começou a receber convites para um lançamento da empresa na data, que segue a tradição dos últimos lançamentos de smartphones da empresa.

O evento ocorrerá dentro da sede da empresa, em Cupertino, no anfiteatro que carrega o nome de Steve Jobs. E o que devemos ver por lá?

Embora a empresa seja famosa por guardar segredo sobre futuros lançamentos, diversas fontes tanto da própria empresa quanto de fornecedores nos permitem ter uma ideia bastante precisa de como serão esses novos aparelhos.

Os nomes dos novos iPhones costumam ser o segredo mais bem guardado, mas não é incomum que vazem alguns dias antes do seu anúncio. Recentemente, uma fonte anônima, porém confiável, divulgou que os modelos para este ano seriam "iPhone 11", "iPhone 11 Pro" e "iPhone 11 Pro Max". Eles estariam substituindo o iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max, respectivamente.

Nova câmera

Sem dúvida, a principal novidade para esse ano será a adição de uma terceira câmera nos modelos "Pro". Essa câmera terá um ângulo de visão maior, permitindo fotos mais "abertas", além de um novo recurso chamado "Smart Frame". O Smart Frame irá capturar a área ao redor de uma foto ou vídeo, permitindo ajustes de enquadramento na edição, ou em tempo real.

Por conta dessa nova câmera, haverá uma alteração no design da traseira dos novos iPhones, que contarão com uma protuberância quadrada para a câmera, bastante similar a alguns renders criados por designers independentes. Eu particularmente não achei bonita essa mudança (e muita gente parece concordar comigo).

Outra novidade com relação às câmeras será um maior ângulo de visão para a câmera do Face ID, permitindo o desbloqueio dos aparelhos quando estiverem deitados numa mesa, por exemplo. A câmera frontal dos novos iPhones também será capaz de filmar a 120 quadros por segundo, boa novidade para quem sempre quis fazer selfies em câmera lenta  (quem?).

Mudanças no 3D Touch e carregamento

Além das novas câmeras, os novos iPhones perderão o hardware responsável pelo 3D Touch, dando vez ao Haptic Touch, que executa a mesma função mas sem necessidade de um hardware especial na tela. Para tornar o Haptic Touch ainda melhor, um novo tipo de Taptic Engine – o motor vibratório do iPhone – deverá ser instalado. Conhecido internamente como "Leap Haptics", não se sabe exatamente o que o novo sistema trará de novo, mas é bem provável que a sua inclusão nos novos iPhones seja uma forma de melhorar o Haptic Touch.

Todos os iPhones vendidos atualmente vem com um carregador USB-A de 5W na caixa, apesar de suportarem carregamento rápido. Quem quer tirar proveito do carregamento rápido precisa adquirir outro carregador, ou usar um carregador de iPad ou Mac. Segundo informações de fontes na indústria, a Apple estaria planejando incluir o carregador USB-C (o mesmo do iPad Pro) nas caixas dos novos iPhones. Vale ressaltar que isso não significa que os novos iPhones teriam uma porta USB-C, apenas a porta do carregador seria USB-C, enquanto a do iPhone continuaria sendo Lightning.

Lápis no iPhone?

O Apple Pencil funciona atualmente na maioria dos modelos de iPad. A funcionalidade começou como algo exclusivo de modelos Pro, mas foi aos poucos sendo ampliada para toda a linha, incluindo agora até mesmo o iPad mini. Especulações sobre um Apple Pencil para iPhone já existem há muito tempo, mas neste ano existem algumas fontes afirmando que uma nova versão do lápis estaria sendo desenvolvida especificamente para os novos iPhones, como a Samsung faz para o Note 10. Essa nova versão do Apple Pencil seria menor do que a versão para iPad.

Esse rumor se conecta bem com outro rumor: o de que teríamos carregamento indutivo "reverso" nos novos iPhones. Esse carregamento seria similar ao que já está disponível em alguns dispositivos Android, onde um celular pode carregar outro celular ou acessório por indução. Um case com espaço para guardar o Apple Pencil na traseira do iPhone poderia ao mesmo tempo carregá-lo, assim como no iPad Pro mais recente ele pode ser carregado enquanto guardado na borda do tablet.

E quanto a cores? Uma das vantagens do iPhone XR – lançado no ano passado – é a variedade de cores disponíveis. Para este ano, a Apple estaria desenvolvendo uma nova opção de verde para o iPhone 11, além de algumas opções de cores foscas (atualmente, todas são brilhantes).

Pouca inovação

Na minha opinião, se os lançamentos forem como os rumores, estamos diante de mais um ano de aprimoramento da mesma linha que começou com o iPhone X em 2017, seguindo a mesma estratégia que a empresa vem adotando desde a introdução do iPhone 6. Quem gosta de grandes mudanças, terá que esperar mais um pouquinho.

O anúncio dos novos iPhones deverá ocorrer em evento especial no dia 10 de setembro, com pré-venda iniciando alguns dias depois. Neste ano, tudo indica que todos os modelos estarão à venda imediatamente, ao contrário dos últimos dois anos em que um dos modelos era lançado um pouco depois dos outros.

Imagem do post por 9to5Mac

Sobre o autor

Guilherme Rambo é programador desde os 12 anos. Especialista em engenharia reversa, é conhecido mundialmente por revelar os segredos da Apple antes mesmo dos anúncios da empresa, além de programar para as plataformas da empresa.

Sobre o blog

Dos segredos escondidos nos códigos da Apple às tendências do mundo da tecnologia, o blog Entre Linhas aborda semanalmente os temas mais interessantes e atuais do mercado tecnológico sob o ponto de vista do programador Guilherme Rambo.

Mais Blog Entre Linhas