Topo
Blog Entre Linhas

Blog Entre Linhas

Categorias

Histórico

Por que o futuro iPhone SE 2 não representa a volta do celular pequeno

Guilherme Rambo

17/10/2019 04h00

Crédito: Divulgação

Os rumores sobre um sucessor do iPhone SE estão mais quentes do que nunca, com diversas fontes afirmando que sua chegada está próxima. O iPhone SE original foi lançado em 2016, com um corpo bastante parecido ao do iPhone 5s, porém componentes internos do recém-lançado iPhone 6s, resultando num dispositivo mais barato, porém muito capaz.

Segundo o confiável analista Ming-Chi Kuo, o novo iPhone SE terá um design muito parecido com o do iPhone 8, assim como o original tinha um design muito parecido com aquele do 5s.

Apesar do design parecido com o iPhone 8 no lado de fora, por dentro essa nova versão viria com o Apple A13, mesmo processador dos iPhones 11 e 11 Pro. A única diferença em termos de performance seria 1 GB a menos de memória RAM quando comparado aos iPhones recém-lançados.

Na parte de trás, o novo aparelho deverá trazer uma única câmera, provavelmente a mesma do iPhone 8. Uma câmera mais simples permite a realização do produto por um preço mais baixo. Em termos de cores, é esperado o lançamento de versões com corpo cinza espacial, prata e vermelho. O vermelho seria uma boa adição à linha, afinal é uma cor bastante popular nos outros modelos de iPhone.

O iPhone SE 2 também não contará com a tecnologia 3D Touch, que foi descontinuada oficialmente pela Apple com o lançamento dos iPhones 11 e 11 Pro no mês passado. Embora existam rumores de iPhones futuramente contarem com Touch ID e Face ID no mesmo aparelho, por conta do seu preço reduzido, o iPhone SE novo terá somente Touch ID.

É difícil saber ao certo qual seria o nome dado para o sucessor do iPhone SE, mas é possível que seja simplesmente "iPhone SE 2". Se a Apple irá seguir essa nomenclatura, só saberemos quando (e se) o novo produto for anunciado, o que é esperado para o primeiro trimestre de 2020.

De acordo com o analista Ming-Chi Kuo, o preço do novo aparelho está planejado em US$ 399 para a versão com 16 GB de armazenamento interno e a Apple espera atingir principalmente os usuários de iPhones 6 e 6 Plus, que não receberam a atualização para o iOS 13.

O que pensar disso?

Um novo iPhone SE faz todo sentido do ponto de vista da empresa, já que os usuários de iPhones mais antigos não têm acesso aos novos serviços como Apple Arcade e Apple TV+. A introdução de um novo iPhone com boa performance e que receberá atualizações por um bom tempo seria um excelente incentivo para o upgrade, aumentando assim o número de assinantes dos novos serviços. As previsões de analistas são de vendas de mais de 30 milhões de unidades do aparelho em 2020.

Outra questão é se o novo aparelho agradará o público do iPhone SE original. Muitos usuários gostam do aparelho por conta do seu tamanho reduzido, com tela de 4 polegadas. Isso fez muitos pensarem que o "espírito" do iPhone SE é ser um iPhone pequeno. Na verdade, o iPhone SE nada mais é do que um iPhone com componentes externos de uma geração anterior, mas componentes internos da geração atual, independentemente do tamanho.

Na minha opinião, o lançamento de uma nova geração do iPhone SE conforme os rumores será bem vinda por aqueles que gostariam de ter melhor performance e receber atualizações por um bom tempo, mas não estão dispostos a pagar os preços altos cobrados pelos demais modelos. Para quem ainda deseja aparelhos de 4 polegadas, a notícia não é boa: é provável que a Apple jamais lance outro iPhone com esse tamanho.

Sobre o autor

Guilherme Rambo é programador desde os 12 anos. Especialista em engenharia reversa, é conhecido mundialmente por revelar os segredos da Apple antes mesmo dos anúncios da empresa, além de programar para as plataformas da empresa.

Sobre o blog

Dos segredos escondidos nos códigos da Apple às tendências do mundo da tecnologia, o blog Entre Linhas aborda semanalmente os temas mais interessantes e atuais do mercado tecnológico sob o ponto de vista do programador Guilherme Rambo.

Blog Entre Linhas