PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Monitor de lavagem de mão e sono: truques de saúde da Apple são bem úteis

Guilherme Rambo

10/07/2020 04h00

Quando a Apple introduziu o Apple Watch em meados de 2015, sua ideia sobre os recursos que seriam mais utilizados pelos usuários era completamente diferente da atual realidade. A empresa posicionou o relógio inteligente como um dispositivo para conectar as pessoas, mas o que os usuários realmente queriam era um aparelho que as auxiliasse em atividades físicas e acompanhamento da saúde de um modo geral.

Desde então, o foco da empresa mudou completamente. Diversos especialistas foram contratados, e muitos recursos foram adicionados tanto no Apple Watch quanto no iPhone no que diz respeito à saúde dos usuários.

Com o anúncio do iOS 14 e watchOS 7, a Apple está ampliando ainda mais a disponibilidade (e visibilidade) desses recursos. Trouxe aqui três dos meus recursos favoritos de saúde que estão por vir nas novas versões dos sistemas.

Lavar as mãos

Em tempos de COVID, lavar as mãos é mais importante do que nunca. A recomendação é de que se lave as mãos por pelo menos 20 segundos. Para ajudar o usuário a seguir essa recomendação, o watchOS 7 traz um recurso bastante útil (e divertido).

No watchOS 7, o Apple Watch detecta sons relacionados com o processo de lavar as mãos, como o barulho de um frasco de sabonete líquido e o barulho da torneira, e inicia um timer de 20 segundos automaticamente. O início e o fim do timer são sinalizados com pequenas vibrações no pulso, então não é necessário olhar para a tela do relógio para acompanhar seu progresso.

A interface é bastante divertida, mostrando a contagem regressiva com números formados por bolhas de sabão. No final, uma mensagem de parabéns é exibida. Apesar de ser um recurso simples e de pouca utilidade prática, qualquer coisa que torne esse processo que todos estamos fazendo com tanta frequência mais divertido é bem vinda.

Pode ser também uma boa opção para deixar o momento de ensinar as crianças a lavarem as mãos corretamente mais divertido (não precisa comprar um Apple Watch para a criança, basta utilizar o seu relógio no pulso dela e mostrar como se lava as mãos).

Para ativar o recurso, basta ir nos ajustes no próprio Apple Watch, rolar até o final da lista e ligar a opção de Handwashing (o nome ainda não foi traduzido nos betas).

Acompanhamento de sono

O sono é extremamente importante para a saúde como um todo. Já existem diversos aplicativos que permitem o acompanhamento do sono utilizando o iPhone e/ou o Apple Watch, mas com o lançamento do iOS 14 e watchOS 7, a Apple está introduzindo seu próprio recurso.

Com ele, é possível definir uma rotina de sono, que pode variar de acordo com o dia da semana. É tudo integrado entre o iPhone e o Apple Watch, então a configuração pode ser feita em qualquer um deles. O usuário define o horário em que deseja acordar e uma meta de quantas horas deseja dormir, o que define o horário ideal de ir para a cama.

O Modo Relaxar pode ser ativado para que a partir de um determinado tempo antes do horário de dormir, o iPhone fique com a tela de bloqueio mais escura, ative o Modo Não Perturbe e ofereça atalhos úteis diretamente na tela de bloqueio.

Esses atalhos do Modo Relaxar podem ser aplicativos, configurações para a casa, ou qualquer atalho do app Atalhos. No meu caso, coloquei o Overcast — meu player de podcasts — e um atalho para ativar a cena de "Boa Noite" que desliga todas as luzes do apartamento.

Durante o sono, o Apple Watch vai medindo a movimentação do usuário na cama para determinar se está dormindo ou apenas deitado, além de medir também os batimentos cardíacos. Essas medições ficam disponíveis no app Saúde.

O despertador pela manhã começa com pequenos toques vibratórios no pulso do usuário, mudando para um alerta sonoro somente se o mesmo não acordar apenas com os toques. Estou usando esse recurso desde o lançamento do primeiro beta e gostei muito da experiência do despertador tátil, é uma forma muito mais gentil de acordar do que um barulho estridente que te acorda com um susto.

Caso o usuário levante antes do horário programado, após alguns minutos o Apple Watch oferece a opção de desligar o despertador, evitando o toque do desnecessário do despertador.

Volume dos fones de ouvido

Utilizar fones de ouvido com volume muito alto pode ser bastante prejudicial para a saúde auditiva no longo prazo. Sabendo disso, a Apple introduziu no ano passado um recurso de acompanha o nível de volume utilizado com fones de ouvido — esse recurso está sendo ampliado nas novas versões dos sistemas.

No app Saúde, é possível acompanhar como tem sido a sua utilização dos fones de ouvido num determinado período de tempo. Se o destaque não aparecer na tela inicial, basta ir em Explorar e selecionar a opção Audição.

Na mesma tela são exibidas informações do nível de som ambiente, além da exposição a volumes altos nos fones de ouvido. O gráfico mostra a média de volume na última hora, dia, semana, mês, ou ano. No meu caso, está apontando que o nível de volume esteve alto nos últimos sete dias (preciso baixar o volume).

O recurso funciona melhor com fones de ouvido da Apple ou Beats, mas também pode ser utilizado com outros fones de ouvido, embora não seja tão preciso nesses casos.

Uma novidade este ano é que o usuário poderá receber alertas caso o sistema detecte alguma anomalia no volume utilizado — caso ele seja muito mais alto que no período anterior, por exemplo. Tanto a medição quanto o alerta estão integrados a todos os dispositivos, então mesmo que você utilize seus AirPods no Mac, Apple TV ou Apple Watch, terá seu uso dos fones de ouvido medido.

Conclusão

Os recursos de saúde do Apple Watch e iPhone ficam cada vez melhores. O foco em sono e audição neste ano — além do recurso pontual de lavar as mãos — são excelentes adições.

As novas versões dos sistemas estão atualmente em fase de testes com desenvolvedores, e deverão ser lançadas para o público em meados de Setembro.

Sobre o autor

Guilherme Rambo é programador desde os 12 anos. Especialista em engenharia reversa, é conhecido mundialmente por revelar os segredos da Apple antes mesmo dos anúncios da empresa, além de programar para as plataformas da empresa.

Sobre o blog

Dos segredos escondidos nos códigos da Apple às tendências do mundo da tecnologia, o blog Entre Linhas aborda semanalmente os temas mais interessantes e atuais do mercado tecnológico sob o ponto de vista do programador Guilherme Rambo.